Fenômeno Dekassegui

27 jul

Quem conhece alguém que foi para o Japão ou até mesmo quem convive com descendentes de japoneses já ouviu essa expressão: dekassegui. Eu já havia escrito um pouco sobre isso nos meus primeiros posts. O termo é escrito em japonês 出稼ぎ que significa ao pé da letra “sair para ganhar dinheiro“, ou seja, uma pessoa que deixa sua terra natal para ganhar dinheiro em outro lugar. Agora, esse termo não serve apenas para estrangeiros, pode ser usado até mesmo para os japoneses. Uma pessoa nascida em Okinawa que vai a Tóquo a trabalho e vive lá também é dekassegui, assim como um coreano, um chinês e os latino-americanos. Os brasileiros são o terceiro maior grupo de imigrantes no Japão (300 mil legalmente), ficando atrás dos chineses e coreanos, além disso são responsáveis pelo envio de 1,5 a 2 bilhões de dólares ao Brasil todos os anos (fonte).

Navegando na internet encontrei uma ilustração que me fez pensar muito sobre isso. Ela foi feita pela dupla de ilustradores Asaf e Tomer Hanuka, esplêndidos artistas. No caso, eles comentam o fenômeno dekassegui, em particular nas Filipinas. Não muito diferente dos brasileiros, muitos filipinos deixam para trás a família e vêm ao Japão fazer fortuna e enviar dinheiro para os entes queridos. Chegando muitas vezes a sustentar a família toda. Só que esse dinheiro muitas vezes é usado para se comprar eletrônicos e bens de consumo estrangeiros, deixando de ajudar a economia local. O desenho mostra uma criança que tem sua mãe trocada por um microsystem. É uma triste realidade que acontece também na nossa querida nação brasileira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: