Missão Yashima

16 mar

Parece que o movimento para conservar energia ganhou um nome: ヤシマ作戦 (yashima sakusen, ou MissãoYashima). Esse nome tem uma origem inusitada, porém bem japonesa: o animê.

Muitos aqui devem conhecer a série “Evangelion“, história que se passa num futuro não muito distante onde robôs gigantes defendem a humanidade contra criaturas gigantescas chamadas “Angels”. A série foi um sucesso de audiência no Japão e também no Brasil. Na história, a população tinha que desligar tudo da tomada por um certo tempo afim de carregar a bateria dos mecanismos de defesa.

Pelo twitter, os japoneses homenageiam a série usando o bom humor e o ideal de que todos lutam por uma causa comum.

Tamanho foi o  sucesso da conservação, que o governo  deve encerrar a medida antes do previsto.

ヤシマ作戦成功!

Anúncios

2 Respostas to “Missão Yashima”

  1. Walther 18/03/2011 às 05:13 #

    Como sempre, apesar de tantas críticas que os estrangeiros fazem aos japoneses, talvez até por não entender seu modo de vida e uma cultura milenar, eles mostram a garra e determinação que fizeram o Nihon se recuperar de tantas tragédias, guerras e até bombardeios nucleares. Um povo de honra e coragem.

  2. Eric Pereira 09/05/2011 às 03:02 #

    Concordo com o Walther: o preconceito ocidental com a cultura japonesa atrapalha o entendimento. Quem realmente entende, se apaixona por uma cultura tão tradicional e rica, totalmente diferente da brasileira e sua miscigenação.
    Ainda tenho o sonho de ir morar no Japão. Só pelo que li dos seus posts.
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: