Abalado, mas vivo

12 mar

Estou passando aqui só para agradecer a todos pela preocupação com a minha pessoa. Na hora do susto, a gente fica com tanto medo que levamos um tempo até voltar ao normal.

Dormi super mal essa noite, em decorrência dos tremores e por isso não pude registrar muito bem cenas do terremoto. Escrevi porém um artigo contando minha experiência no Brasil com Z.

Mais tarde eu conto como está sendo a saga aqui em Tóquio.

Obrigado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: