Nikeis são preferência de assaltantes em Sampa

24 maio

Eu sempre desconfiei, mas agora vendo a notícia no Jornal Estado de São Paulo tenho certeza que os bandidos me adoram. Apesar de nunca ter feito parte da “classe média alta”, seja lá o que isso for, desde que me tenho por gente eu sofro na mão de pivetes, drogados, bandidos armados e afins. Tenho dente lascado por causa de briga com trombadinha, já apanhei e já bati também e tive a inesquecível experiência de ter tido uma arma apontada para a minha cabeça durante um assalto.

Com a volta dos descendentes de japoneses à cidade, acredito que tipos como eu só vão ficar mais apetitosos, já que esses sim terão dinheiro para entregar a essa corja covarde. Japoneses e orientais em geral têm a imagem de serem inteligentes e máquinas de fazer dinheiro, agora pelo menos a última parte está sendo comprovada com a volta dos dekasseguis. Segue matéria do Estado de SP (clique para ler tudo):

Os mais vulneráveis a roubos na cidade de São Paulo são homens, com menos de 40 anos, de classe média alta, brancos ou de origem oriental, que vivem em apartamentos, trabalham ou estudam, moram na região noroeste ou sudeste da cidade, frequentam bares e casas noturnas. Essa preferência dos ladrões faz ainda um descendente de japoneses, com idade entre 20 e 39 anos e renda de 10 a 20 salários mínimos, ter 50 vezes mais chances de ser de assaltado do que uma mulher negra, evangélica e moradora de um conjunto habitacional.

Quem está pensando em voltar pro Brasil, seja a férias ou definitivamente, e pretende passar/morar em São Paulo, tenha muito cuidado. Principalmente quem ficou muito tempo no Japão, que é um país ultra-seguro. Pra quem mora em Sampa não preciso falar nada, mas vale reforçar: cuidado, tenha um olho na nuca moçada.

Colaboração de Fernando Hatsumura, por e-mail

Anúncios

5 Respostas to “Nikeis são preferência de assaltantes em Sampa”

  1. guilhermeatencio 24/05/2009 às 11:29 #

    Que bosta, hein?
    Pra piorar a situação de ter que sair do Japão, ainda mais essa.

  2. Carlo 24/05/2009 às 15:26 #

    Coitado dos ladrões paulistas, quase toda a
    dekassegada está voltando de bolsos vazios… Mas é bom
    mesmo se precaver, as coisas tão feias por lá também.

  3. Bah 24/05/2009 às 17:30 #

    Bom, ainda não tive a infelicidade de encontrar com a violência desde que cheguei e espero não encontrar tão cedo ou nunca encontrar rs… massss eu pelo menos sei ser precavida. Tem lugares que eu sei que não dá pra ir, mesmo de carro, mesmo de busão, então eu deixo de ir… Não saio de casa pra muitos lugares, até pq não curto mais sair… casei e minha vida mudou bastante… Mas evito de sair pra lugares onde a exposição é grande, mas ainda sim há pedintes em faróis que me deixam nervosa…

  4. Celina 25/05/2009 às 00:17 #

    Por isso qdo voltei de ferias no ano passado a minha mae nao avisou ninguem. nenhuma parentada ou vizinho sabiam que tava voltando de ferias. Isso pq nao sou dekassegi, nao to juntando dinheiro!!!
    Mas na epoca que tava no Brasil fui roubada duas vezes. Levaram todos os meus documentos e o talao de cheque. Deu um trabalhao pra fazer boletim de ocorrencia e retirar todos os documentos. Os meus pais tiveram armas apontados num assalto. E meu pai como eh feirante ja foi assaltado algumas vezes no CEASA ou mesmo na feira.

  5. Bala Salgada 24/06/2009 às 08:04 #

    Eu chorei tanto com o lindo vídeo do Hachiko, maravilhoso. Estudos provaram que os cães se lembravam por 8 anos mas vai mais além então.

    Sobre o post, eu voltei para o Brasil e nunca fui assaltada em 6 anos. Acho que os truques são, esconder o dinheiro, se possível andar sem bolsa, pegar um bom bronzeado (a gente volta branquelão), decidir logo por um corte de cabelo mais usado e roupas também (a moda aqui é sempre diferente de lá) e principalmente não ficar olhando para os lados o tempo todo.

    Conheço gente que fez isso e logo chama a atenção, tipo amigos que voltaram do Nihon e ficavam preocupados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: