Choque Cultural!

12 mar

Muita gente que vem pro Japão fica chocada com a maneira como os japoneses interagem entre si. Gestos estranhos, maneiras sem lógica e uma certa distância no tratar. Cada povo reage de uma maneira singular ao peculiar modo japonês de fazer as coisas. Na escola onde estudo tem muitos estrangeiros, claro é uma escola de língua japonesa, por isso é um ótimo lugar para observar o choque cultural entre os povos.  Não digo pelos orientais, que tem costumes mais familiares aos dos japoneses, mas sim aos gaijins ocidentais.

Por exemplo, eu sou brasileiro, me dou bem com a maioria do pessoal lá. Porém me espantei em ver como minha cultura é americanizada, isso depois de conversar com diversos americanos. Os assuntos são muito próximos: cinema, música, diversão. Para o bem ou para o mal nós, brazucas, estamos constantemente sendo bombardeados pelo fast-food cultural americano. Hollywood, pop-rock, cervejadas e afins tem tudo a ver com o Tio Sam.

Esse vai ser um post dos grandes, se quiser continuar lendo clique no link.

Shigues & Giorgia

Acontece que eu me surpreendi ao conhecer uma bela italiana chamada Giorgia, que estuda agora na mesma turma que eu. Nossa cultura é muito mais próxima do que até mesmo do resto da Europa, isso no sentido mais essencial da coisa. Certo, o fato dela ser una bella ragazza pode interferir um pouco no julgamento, mas o que sentimos em relação ao Japão é muito próximo. A linguagem corporal (gestos, não pensem besteira!) são muito parecidos com os que são feitos no Brasil. Mesmo o idioma é similar, bastante palavras se assemelham na pronúncia e escrita. Tanto que se falarmos devagar e de maneira simples nos nossos próprios idiomas conseguimos nos entender.

Esse post começou com um comentário infeliz de um amigo meu (ou seria o comentário do infeliz?). Na ocasião eu estava mostrando alguns vídeos de tiração-de-sarro dos costumes japoneses, como esse, onde se mostrava como os japoneses pedem desculpa, no que ele respondeu: que povo idiota.

Aí, dominado pela fúria, desferi provérbios impróprios de serem lidos pelos meus estimados leitores.  A seguir trechos da discussão editados para melhor compreensão:

Se você vivesse cercado de nego carrengando katana e fizesse burrada, como esbarrar em algum deles, ia ter que fazer DOGEZA pra salvar a vida da sua família, por que a sua com certeza já teria perdido. Você tem que entender que o japonês protege sua cultura desde tempos longínquos. Uma maneira de continuar a tradição é manter os costumes. Por isso o relacionamento aqui é difícil, por que a maneira como eles fazem as coisas foi desenvolvida na época dos samurais.

Isso influe em tudo, inclusive na língua. Por isso tem 3 tipos de conversação. No tempo dos samurais se tratava uma pessoa de acordo com sua casta. Isso evoluiu mas não morreu. Por isso pra um gaijin é difícil entender como funcionam as coisas por aqui. Por isso quando se conhece alguém se trata logo de saber sua idade e seu trabalho, assim pode se estabelecer um paralelo entre você e ele e assim usar a linguagem apropriada.

No caso de linguagem para negócios é preciso se rebaixar e honrar o outro. Hoje isso é feito reciprocamente entre empresas. Quebrar essa regra é o mesmo que desrespeitar o conjunto todo. Xingar a mãe de todo mundo da empresa. Aí depois você vai ter que fazer dogeza pra todo mundo. Dogeza é o maior pedido de desculpas que é feito no Japão hoje (até onde eu sei).

Infeliz> Tem de ficar falando que sua empresa é uma %#!@?

Não, tem que ser humilde. É igual a língua culta portuguesa, mas eles usam no cotidiano enquanto nós só usamos em formalidades extremas como política e direito. Por exemplo “Requesto Vossa Senhoria para um encontro a um horário de seu agrado. Humildemente peço que nos agracie com um telefonema…”

É por isso que eu sofria no banco, eles usam essas palavras super difíceis pra perguntar se eu gostaria de um copo d’água. Eu não sabia se eles estavam pedindo ou oferecendo algo, geralmente eu achava que tinha feito alguma besteira e tinha vontade de me enfiar num buraco.

6 Respostas to “Choque Cultural!”

  1. infeliz 12/03/2008 às 17:08 #

    Gostei da italiana…..
    ….agora francamente vc ta ai falande humildade e coisa e tal, mas fala a verdade, vc siceramente acha os japoneses humildes, os caras não dão a minima, tão pouco se fudendo.

  2. Priscila 12/03/2008 às 17:55 #

    Ei, moço!

    Saudades de vc, viu…

    Vi sua foto com a italiana que vc sempre comenta, ela é bem bonita mesmo. Normalmente os italianos são super simpáticos, espero que ela tbm seja.

    Saudades de vc, Gabi.. espero que continue firme e forte aí, porque nada na vida é fácil e quando é difícil é mais gostoso. Vc é inteligente, forte, esperto e determinado não há possibilidades desta aventura não ter outro final, senão um FELIZ e vc sabe o que eu quero dizer.

    Seu blog está legal pacas, entrei pra ver seus desenhos tbm e fico admirada e sinto mto orgulho em saber que vc desenha tão bem.

    Um grande beijo no seu coração.

    Pri.

  3. イヴァン 12/03/2008 às 23:03 #

    イタリア陣 おきれい です ね。

  4. ShigueS 13/03/2008 às 18:44 #

    Certo, eu escrevo um post enorme falando dos costumes japoneses e todo mundo só fala da italiana que apareceu em uma foto e que escrevi apenas 3 linhas. Vou começar a colocar mais mulheres aqui, acho que vai fazer mais sucesso.

    infeliz, não dá para explicar TUDO sobre os costumes japoneses, até por que eu não entendo muita coisa. Mas o que eu quis dizer é que é “educado” ser humilde. Do mesmo jeito que é “educado” não conversar durante a refeição, mas quem faz isso no cotidiano?

    Priscila, você sempre vai ser o amore verdadeiro. Não se preocupe! Também estou com saudades! Bjos

    Ivan, continue batalhando no japonês que você chegal lá. Só não use kanji sem antes pesquisar os significados que ele representa. Você quis dizer “itariajin”, italiana, e está correto, mas o kanji que você usou significa “formação de guerra”. Bem vindo ao meu mundo, amigo. O maravilhoso mundo da dor de cabeça.

  5. 山本英子 14/03/2008 às 10:01 #

    重本さん お元気ですか?
    私は 日本 の 丁寧 な 言葉 の 使い方 は 難しい と おもいます。  でも 今まで なぜ 日本の 社会 は そんな に 厳しい か 考えた こと も なかった。
    あ、 そう 言えば、 本当 は 全然 関係ない けど、この 間 私 と パウロは アイアン メイデン の コンサート へ 行きました。 重本さん の こと 思い出しましたね。  

    いつでも  頑張って ください! 

    (seu japonês já deve estar bem melhor que o meu, hehehehehehe, to ateh com vergonha)

  6. Carlos Enrique 20/04/2008 às 18:58 #

    kra muito legal… eu estou ralando para poder de alguma forma ir para lá …. e lá me instabilizar financeiramente… mas aqui é muito dificil quando não se tem apoio…. mas é assim mesmo um dia será eu que estarei contandopara as pessoas como é lá…. desejo a vc muitas coisas boas e que vc cada vez mais cresça naquilo que quer…. até mais “Doomo Arigato…”!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: