Empregos no Japão

14 jan

Não são poucas as vezes em que questões relacionadas a emprego, ou falta do mesmo, nos tiram o sono e nos enchem de preocupações. Mesmo quando devidademente empregados e trabalhando temos dúvidas se tudo está valendo apena. Às vezes chegamos à conclusão que devemos mudar o rumo. Nem que para isso tenhamos até que mudar de país.

A grande maioria dos brasileiros residentes no Japão geralmente deixa seu país natal por causa de problemas relacionados com desemprego, qualidade de vida, segurança e afins. Mas de todos os fatores, o trabalho é o principal. Maior renumeração, melhores condições de trabalho e melhoria no estilo de vida. Os atrativos para se trabalhar no Japão são muitos. Mesmo com o sobe e desce da economia japonesa, o país ainda continua forte e com boas oportunidades de emprego, mesmo para aqueles que não conhecem a língua direito.

Mas como fazer isso num país onde a língua é o japonês? O fato é que graças à crescente comunidade brasileira no país, mais e mais serviços do governo estão aparecendo, favorecendo e muito aqueles que não tem tempo para aprender o idioma e precisam urgentemente trabalhar. Há manuais, cartilhas e panfletos explicativos traduzidos em português e distribuídos gratuitamente pelo governo japonês. Desde de como funciona a coleta de lixo no Japão, até como proceder em caso de doença ou acidente de trabalho. Há também serviços com atendimento em português. Na maioria das prefeituras em Aichi há pelo menos um intérprete de português pronto para relugarizar os documentos dos cidadãos nipo-brasileiros.

Nesse post pretendo colocar algumas direções para se procurar emprego no Japão. Nada pretencioso, pois as agências de emprego formam um universo paralelo capaz de tomar um dia inteiro de buscas. Algumas agências funcionam bem, tratam de seus funcionários adequadamente e procuram oferecer todo tipo de suporte necessário. Porém, outras enganam, distorcem e prejudicam a vida dos menos afortunados. Por esse motivo sempre ouvi dizer que é melhor encontrar emprego sem intermediários. Então estarei disponibilizando abaixo alguns links que podem auxiliar sua busca por uma colocação no mercado de trabalho japonês.

Um trecho do Guia de Apoio ao Brasileiro no Japão:

Está desempregado no Japão?

Quando da vinda para trabalhar no Japão, o ideal é procurar no Brasil o Centro de Informação e Apoio ao Trabalhador no Exterior (CIATE), órgão vinculado aos Ministérios do Trabalho brasileiro e japonês. O CIATE pode ajudá-lo, gratuitamente, a encontrar trabalho seguro no Japão, sem a intermediação de “empreiteiros”. O endereço do CIATE é: Rua São Joaquim 381, primeiro andar, Liberdade, CEP 01508-900, São Paulo. Telefone: (011) 278-0275. Fax: (011) 279-1982.
Se você foi demitido de seu emprego no Japão, deixou de receber o salário devido, tem de pagar multa ou tem qualquer outro problema na área trabalhista, saiba que há, no Japão, vários centros de atendimento ao brasileiro, em português, e com serviços gratuitos, como os abaixo listados:

Instituições japonesas

O Governo japonês também dispõe de instituições voltadas à prestação de assistência na área trabalhista, com atendimento gratuito, em português. O Centro de Assistência de Empregos para Nikkeis, com vários escritórios em todo o Japão, ajuda você a encontrar emprego e a resolver problemas com seu empregador.

Centro de Assistência de Empregos para Nikkeis

Tóquio
Edifício NSK, Segundo andar, 2-27-3
Taito Taito-Ku, Tóquio (110)
TEL. (03) 3836-1090 – FAX (03) 3836-1096

Nagóia:
Edifício Kajiura Tex, Segundo andar, 4-10-40
Oosu, Naka-Ku Nagoya-Shi, Aichi-Ken (460)
TEL. (052) 243-4741 – FAX – (052) 243-4745

Hello Work

Agência pública de empregos. Existem escritórios em praticamente todo o Japão e pode-se encontrar ofertas de emprego que raramente se acha em agência de emprego comuns. De trabalho em fábricas até vagas no executivo. O nível do idioma japonês conta para se pegar uma proposta melhor.

Guia Nikkey de Trabalho

O site reúne inúmeras informações sobre o trabalho no Japão, como seguros, salários e afins.

IPC International Press Company

O site IPCdigital é um portal de informações com um apanhado de notícias sobre o Japão e a comunidade brasileira que nele vive. Uma das mais importantes mídias brasileiras no arquipélago. A emprega abre vagas para redação e editoração ocasionalmente. Quem tiver interesse envie e-mail.

Prefeitura de Kanagawa

No site, diversos telefones divididos por departamento. Seguro, manual de trabalho e afins. Procure à esquerda da tabela pelos caracteres ポルトガル語 (portugarugo-português), na extremidade direita encontrará os números telefônicos com atendimento em português.

Palavras-chaves para busca

Em japonês existe uma infinidade de sites de emprego. Tudo que é tipo de trabalho dividido por período, lugar, experiência, ganho, etc. Apesar de ser em japonês, se você souber algumas palavras e kanjis, pode ser que encontre o serviço que procura. Não sei se vai ajudar, mas estou postando algumas palavras que apontam esses sites de procura de emprego no Japão. Boa sorte!

仕事 trabalho
アルバイト (arubaito, serviço temporário com carga horária reduzida)
パートタイム (part-time job, emprego de meio-período)
探す verbo procurar, buscar (por emprego)
常勤 【じょうきん】 emprego período integral
雇用 【こよう】 vaga, contratação
求職 【きゅうしょく】 Procura por emprego

Também ajuda se digitar o nome da cidade ou estado que pretende trabalhar.

愛知県 Aichi
三重県 Mie
東京 Tokyo

9 Respostas to “Empregos no Japão”

  1. Anônimo 23/01/2008 às 16:03 #

    Quero trabalhar no Japão!

    Currículo

    Flávio Arruda

    Caruaruense
    Nascimento 19 de outubro de 1981
    Rua Timbaúba Nº 85
    Boa Vista I
    Caruaru-PE
    CEP – 55038-025
    CNH-03819128804 AB
    (81) 9941 2974 ou 9674 0591
    e-mail: stone.bra@hotmail.com

    Formação Acadêmica:
    Nível Superior Incompleto em Matemática
    FABEJA (2001 a 2002)
    Extracurricular:
    Técnico em Vendas e Marketing Pessoal
    Cartunista
    Desenho artístico e Publicitário
    Mecânica Industrial (SENAI-1998)
    Última Experiência Profissional:
    Funcionário Público Federal- concursado por 5 anos
    Informática:
    Aplicativos Windows
    WORD,Excel,POWER POINT,MS DOS,Access,Internet…
    Adobe Phot Shop 11,Movie Maker,Manenger,Coreal…
    Idioma estrangeiro:
    Inglês Nível Intermediário

    Principais autores em Técnicas de Vendas, Administração e Marketing:
    *Vendedor Pit Bull de Luis Paulo Luppa
    *Gerenciamento de Custos de Chirstina Barbosa e Farhad Abdollahyan
    *Estilos de Negociação de Renato Hitara
    *Como formar equipes bem-sucedidas de Butterworth
    *Negociação para o sucesso de Eugênio de Carvalhal e Gersen Martins
    *Marketing de Guerra de Al Ries e Jack Trout
    *A origem das marcas de Al e Laura Ries
    * Negocie, influencie e convença de Alan Fowler / traduzido por Maria Lúcia Leite Rosa

    Intelecto
    Ciências Exatas
    Matemática:
    *Matemática de Ensino Médio
    *Matemática Financeira
    *Geometria
    *Estatística e Gráficos
    Física:
    *Mecânica:
    UM E MUV
    Ondas mecânicas
    Lançamentos
    Trabalho, Força e Inércia
    *Elétrica
    Luz
    Onda Eletromagnética
    *Físico-química
    Elementos
    *Física Quântica
    Átomo
    Partículas…
    Química:
    *Teoria Atômica
    *Teoria Molecular
    *Elementos
    *Físico-química
    *Bioquímica
    *Linus Pauling
    *Ácidos e Básicos
    *Nomenclatura e classificações
    *Eletrólitos…
    Biologia:
    *Biogênese e Abiogênese
    *Citologia
    *Taxidermia
    *Taxonomia
    *DNA
    *RNA
    *Teoria da Evolução:
    Darwinismo
    Mendelismo
    *Botânica
    *Parasitologia…

    Palestras e Simpósios:
    *Anais do VIII Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais – SIMPOI 2005 – FGV-EAESP
    *Produção Técnica / ADMINISTRAÇÃO 6.02.00.00-6 UFRPE – 2005
    *A arte de negociar de Roger Fisher
    *Marca – Posicionamento da marca no mercado
    *Os Segredos da MOTIVAÇÃO por FRAN CHRISTY
    * A Imagem da Empresa por Ismael Soares Cano
    *Sun Tzu A arte da guerra no Mundo dos Negócios
    Tradução do inglês e Interpretação Luiz Figueiredo

    Características Pessoais:
    Iniciativa – Não fica esperando que os outros (o governo, o empregador, o parente, o padrinho) venham resolver seus problemas. Gosto de começar coisas novas e iniciá-las. A iniciativa, enfim, é a capacidade daquele que, tendo um problema qualquer, age: arregaça as mangas e parte para a solução.
    Autoconfiança – Acredita em si mesmo. Se não acreditasse, seria difícil para eu tomar a iniciativa. A crença em si mesmo faz o indivíduo arriscar mais, ousar, oferecer-se para realizar tarefas desafiadoras.
    Voltada para equipe – crio equipe, delego, acredita nos outros, obtenho resultados por meio desses considerando suas competências.
    Otimismo – O que não quer dizer sonhador ou iludido. Acredita nas possibilidades que o mundo oferece, acredita na possibilidade de solução dos problemas, acredita no potencial de desenvolvimento.
    Persistência – Por estar motivado, convicto, entusiasmado e crente nas possibilidades, é capaz de persistir até que as coisas comecem a funcionar adequadamente.

    Referência Pessoal
    Jaira Rodrigues, Gestora Distrital do O Boticário em Caruaru (81) 9981 8155.
    Ilka Eliane da Caixa Econômica Federal, fone: (81) 9989 9917 e (81) 3231 1069

    Seja um líder completo
    Mais do que um gestor de pessoas, as empresas querem alguém que dê resultados, conheça bastante o cliente e o mercado, fale a língua do acionista – e ainda esteja de bem com a vida.
    Gestão de pessoas
    Vá além da sua equipe. Ser exemplo na gestão de pessoas não significa ser um bom chefe apenas, e sim se envolver com outras áreas da empresa. Faça suas idéias chegarem a outros ouvidos além da sua unidade de negócios. Circule no ambiente de trabalho, entenda o dia-a-dia dos outros e conduza os times de diferentes áreas para um lugar comum.
    Evolução do líder corporativo
    De 1950 pra cá, o conceito de liderança evoluiu no mundo todo. Vejam a seguir, quais as características do antigo líder até o atual e veja se você está mais para um líder nato ou um líder completo:
    1950-1970 1970-1980 1980-1990 Anos 2000

    Líder nato Líder comportamental Líder situacional Líder completo
    Nessa época, acreditava-se que alguns profissionais nasciam com o dom de liderar. Suas características são: ambição, integridade, autoconfiança e profundo conhecimento técnico. Embora há ainda quem acredite nisso, os especialistas dizem que esse conceito é um mito. Aqui surgem os líderes voltados para resultados e os para pessoas. Essa teoria deu origem ao Managerial Grid (grade gerencial), que classifica as pessoas em eixos (produção x pessoas). Daí nasceram rótulos como 9/9 (nota máxima em resultado e em gestão de equipes). Já o 1/1 era fracasso total. Detectou-se falhas no modelo anterior. Um líder 9/9 acabou levando uma empresa à ruína, enquanto o 1/1 levantou um negócio de forma brilhante. O que fez a diferença? A situação. O líder situacional surge porque traz resultados num cenário específico, desenvolvendo pessoas. Agora, o conceito de liderança exige nova postura profissional. O líder traz resultados, constrói relação com clientes e mercado, fala a língua do acionista, é exemplo na gestão de pessoas (subordinados, chefes, pares e colegas de outras áreas). E é líder de si mesmo.

    “Se o comandante não puder controlar sua própria impaciência e der ordens a seus soldados para avançar contra o muro da cidade como formigas, o resultado será que 1/3 deles será sacrificado, enquanto que a cidade permanecerá intocada. De fato, aí está a calamidade em atacar cidades muradas. Vencer sem lutar”.
    Sun Tzu A arte da guerra
    Tradução do inglês e Interpretação Luiz Figueiredo / 2002

    Aguardo resposta…

  2. Eliane Pereira da Silva 22/12/2008 às 01:23 #

    Estou procurando o meu amigo Claudio Luis Sanches que trabalha em SAITAMA-KEM GYODA-SHI, estou muito preocupada pois o meu último contato com ele foi 29/10/08 quero saber se esta bem e para trazer-lo ao Brasil novamente qualquer noticia por favor enviar um email eliane@polmil.sp.gov.br ou eliapnejana@hotmail.com.
    Agradeço atenção

  3. ShigueS 22/12/2008 às 16:33 #

    Oi Eliane, infelizmente não posso ajudar muito pois não conheço ninguém de Saitama. Mas talvez se você entrar em contato com a prefeitura de lá alguém possa lhe dar mais informações. O link para o site é http://www.pref.saitama.lg.jp/gaikokugo/portuguese/

    Realmente com a queda da produção da indústria japonesa muitos brasileiros perderam os empregos, mas ando lendo em jornais que já existem iniciativas privadas para ajudar essas pessoas. Espero que seu amigo esteja bem. Boa sorte!

  4. Thomas Gomes 17/12/2009 às 12:44 #

    ola, quero trabalhar no japão com minha esposa, tenho 20 anos e ela tem 18, somos formados no ensino médio e topamos morar la por uns 5 anos…

    tom_continental@hotmail.com

    entrem em contato comigo por e-mail

  5. Adriano Alvinegro SP 19/07/2010 às 10:07 #

    Olá!

    Estou fazendo um trabalho do livro “A Arte da Guerra”. Gostaria muito de conhecer o responsável pelo site http://www.suntzu.hpg.ig.com.br/. Também gostaria de ver a possibilidade de contar com a tradução dando o devido crédito ao tradutor Luiz Q. M. de Figueiredo e mencionando/divulgando o site, se ele desejar.

    Alguém poderia me deixar em contato com ele ou com o responsável pelo site? Obrigado,

    Adriano Cortes
    Tel.: (11) 9905.4053
    São Paulo – SP

  6. alex 06/04/2011 às 09:57 #

    ola. gostaria de saber como faço para me cadastrar ou deixar curriculo para uma possivel vaga de emprego no japão. aguardo resposta. obrigado

  7. edson amancio da silva 08/04/2011 às 03:46 #

    gostaria muito de trabalha no japao para ajuda a ergue as cidades destruidas pelos terremotos em qualque area estou disposto a atua como emtao em obras em asistencia aos desanparados conto com seu contato de retorno.

  8. miguel escbar 06/03/2014 às 12:20 #

    gostaria de saber em que cidade mora rinaldo gomes da silva

Trackbacks/Pingbacks

  1. Buscando Empregos no Japão (em inglês) « A viagem de SHIGUES - 22/08/2008

    […] sites são em inglês, mas aposto que para quem já tentou buscar trabalho nos links anteriores em japonês, por mais que não entenda muito o inglês, vai ser pelo menos umas 50 vezes mais fácil de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: