Ás no volante

12 abr

hirabari1.jpg

Okay, faz um bom tempo que isso aconteceu. Quase há um mês atrás. Mas como estou escrevendo só agora, vamos fazer de conta que é novidade.

Uma das minhas primeiras preocupações antes de ir ao Japão foi a questão da carteira de habilitação. Eu já ouvi estórias que mais pareciam fábulas de tanto exagero. “Ah! Os japoneses são muito rigorosos, você não pode freiar muito forte ou andar muito devagar. Tem que fazer tudo do jeito deles, até pra dar a seta tem tempo certo“. E eu achava que as pessoas estavam tentando me assustar e tudo mais, certo?

percursos.jpg

ERRADO! Na verdade eles são muito mais rigorosos do que eu sequer imaginava. O exame de direção é praticamente um kata de artes marcias. Movimentos sincronizados dentro de um trajeto pré-estabelecido. Para absolutamente tudo tem uma maneira específica de proceder. Tem o famoso kakuni, que é o procedimento de checar se a barra está limpa em esquinas e cruzamentos. Olhar para a direita (esperar de 2 a 3 segundos), olhar para a esquerda (novamente de 2 a 3 segundos) e finalmente direita novamente (dessa vez só pra confirmar se está tudo ok). Aí engata a segunda e vamos embora. Ah! O engraçado é que os carros aqui são em grande maioria automáticos, só alguns são manuais. E os que são manuais têm uma maneira diferente de dirigir, além é claro de ser o volante do lado contrário: eles saem em segunda marcha. A primeira serve só para começar a andar com o carro, pouca coisa, tipo 2 segundos.

Nos mapinhas acima têm os 2 tipos de percurso que eles podem pedir. Você tem que saber os 2, é tipo loteria. Notem as instruções de maluco na orelha da folha. Tem até ordem de coisas para fazer ao se entrar no carro.

takushi.jpg

Bom, fora o fato do volante ser do lado do passageiro (sim, eu acho que aqui é que eles são ao contrário, pois o resto do mundo é do lado direito, com exceção da Inglaterra e da Austrália), todo o trânsito é invertido também, o que dá um belo nó na cabeça quando você sai com o carro pela primeira vez. Veja bem: eu fiz aula com o carro manual, ou seja, eu era obrigado a trocar a marcha toda a hora. BLAM! Lá ia eu com a mão direita na porta atrás do câmbio que estava do outro lado. Na hora de dar seta, ligava o limpador de para-brisa. Na curva, sempre entrava na contra mão. Olha, eu sofri na primeira aula. Sem falar que o carro é igual aos táxis do japão. Enormes e macios, macios até demais pois você não sente o peso do carro.

Porém, apesar dos pesares, eu consegui passar. Não foi de primeira pois eu acabei errando o trajeto na prova. Confundi o A com o B no meio. Acontece quando você fica 4 dias dorminho de 2 a 3 horas por dia. Eu aproveitei minha última semana na fábrica, que era no período noturno, para resolver essa questão da habilitação durante o dia, antes de começar no novo emprego. Ainda bem que deu tudo certo pois consegui em uma semana fazer tudo: assistir às aulas, fazer o exame, reprovar, fazer o exame-substituto, passar e pegar minha carteira!

habilitado0.jpg

FOTO: Na primeira o lugar onde inicia o exame, dá um gelo na barriga pois o examinador que vai junto com você é um policial fardado que fica só fazendo anotações num caderno. Ai de você se passar em cima da faixa! Na segunda o veredicto: o pronunciamento de quem passou. Terceira foto: minha papelada pronta para pegar a carteira.

Como eu peguei muito rápido a carteira, todo mundo fica admirado, pois é raro isso acontecer. Eu tive muita sorte de ter pego assim na segunda tentativa (e ainda mais sorte da segunda tentativa ter sido na manhã seguinte da minha primeira fracassada). Existem pessoas que tentam 2, 3 até 6 ou 7 vezes sem sucesso! Os avaliadores são extremamente rígidos, qualquer vacilo é reprovação na certa.

Os japoneses tratam a habilitação como um vestibular, pois eles passam por uma bateria de estudos e preparo para a prova. Têm uma avaliação escrita baseada no código de trânsito japonês, que é uma pequena bíblia de leis. Têm que assistir alguns filmes e finalmente o teste. É tão difícil que eles simplesmente ficam eufóricos quando passam, estilo vestibular mesmo. O nome aparece no telão e eles saem gritando e chorando de felicidade. Coisa de louco. Sorte minha que fiz só transferência!

shiguehabilitado.jpg

Olha a cara de mendigo! Sem dormir uma semana. MAS, dois meses e meio de Nihon e já habilitado! Ô maravilha, agora só falta o carro… Hehehehehehee.

Anúncios

7 Respostas to “Ás no volante”

  1. Daniel [Bakune] 14/04/2007 às 02:03 #

    Fala Shiguê!
    Ô lôco, já tá habilitado!
    Vê se não vai dormir no volante aí, heim! Vai que o canteiro é menor, ou a avenida mais estreita, hehehe. Você já “gastou” uma vida! Cuidado! hehehe
    Ah, é… Como te achei? Minha esposa que encontrou teu blog, doido, né? Dei uma lida meio por cima, depois comento direito.
    Abração, te cuida e continue com o bom humor que uma hora a coisa vira!
    Ja!

  2. Daniel 21/04/2007 às 21:30 #

    E aí Gabi??!
    Eu to fazendo uma propaganda do seu trampo no meu orkut… hehehehe
    Depois dá uma olhada lá…hehehehehe
    Poxa… Já tirou assim fácil??
    Tem algo errado, heim??!! hahahaha
    E o trampo?? Como está??
    Está gostando??
    Tudo de bom aí!!!
    E vamos seguindo em frente!!!
    Um super abraço.
    Daniel

  3. Kawa 25/04/2007 às 19:58 #

    Weeeeeeeee! Phalae, Shiguemotsu! Meu, que burrrrro, ligou o para-brisa ao invés da seta, hahahaha! Zuera! 😄 Mas eh muito engraçado ver o povo se matando pra tirar a carta ae, pensando que soh porque tem aki, eh tranquilo tirar ae também! Hahaha! Pior que eu quando estive ae, fui com meu pai pra levar um grupo de brazucas pra tirar carta! Vi de camarote (tem uma arquibancada com um vidrão pra vc ver as pessoas fazendo a prova prática!). E os japas não dão boi não! Vc tem que dar uma volta ao redor do carro antes de entrar nele pra ver se não tem pneu murcho, porta meio aberta, retrovisor torto, etc… E o que eh pior: todos ao sair com o carro ligam o para-brisa! Eh muito engraçado! Hahaha!
    Mas vejo que vc tah se virando bem por ae, cuidado pra num comprar moti achando que eh sabonete, tah? Hahahaha!
    Matta ne!!

  4. Diego 04/05/2007 às 16:13 #

    Motorizado? Vc? No Japão?
    Não é possível… não falaram q era super difícil?
    hahaha
    Brincadeira Gabriel
    Parabéns!
    Nesse pique até o fim do ano vc vai ser mais japonês do q brasileiro rsrs
    abraço

  5. Daniela 06/05/2007 às 02:05 #

    Amigo!! Habilitado!!!
    Congratulation!!!
    Tudo bem por aí??
    Mande news!!!
    Bjs

  6. jão 10/05/2007 às 19:28 #

    que medo

  7. tovorinok 05/07/2007 às 12:22 #

    Hello

    Great book. I just want to say what a fantastic thing you are doing! Good luck!

    G’night

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: